Saiba como foi o nosso encontro

Pastoral  Afro-Brasileira da  Matriz de  Santa  Rosa de  Lima (PAB) reuniu-se no  último  sábado,  4 de  julho de 2015,  com o   objetivo de se  apresentar  e  motivar  a participação de  novos  membros. O evento  –  divulgado  nas redes sociais –  contou com  a presença de  cinco  membros e  mais sete visitantes.

O encontro foi organizado da seguinte  maneira: oração inicial; leitura e partilha do Evangelho (Mt 9, 14 -17); apresentação dos  participantes;  apresentação e debate a respeito de alguns vídeos  sobre  personalidades negras;  divulgação da  agenda de  eventos da PAB e oração final.

A  leitura do Evangelho de  São  Mateus  mostrou-nos  o  episódio  em  que os discípulos  de  João   questionam Jesus  sobre  a  prática do   jejum (“Por  que razão  nós e os  fariseus praticamos  o  jejum, mas  os  teus  discípulos  não?”).  Jesus   não deixava  ninguém   sem resposta e mostrou-lhes  que trazia  uma  nova maneira  de  relacionar-se  com  Deus, por  meio de  sua presença: “Por  acaso os  amigos  do  noivo podem  estar de  luto enquanto o noivo está  com eles?”.

Após a reflexão sobre  o texto  bíblico,  cada um dos  participantes se apresentou e contou  o   motivo  pelo  qual havia  atendido  ao   convite  da  Pastoral. Os  motivos   eram   diversos, mas  a  curiosidade  era  comum  a  todos: “Será  que só  negros  podem  participar?”,”Do  que eles  falam?”, “Como  servem  a  Deus?”.   Na  reunião, debatemos  sobre  muitos  aspectos  da  cultura  negra: nossa religiosidade na  Igreja; os  preconceitos sofridos no  dia  a dia;  a cultura  negra e  a nossa busca de identidade.

Um dos principais  momentos do  encontro foi a  apresentação de vídeos sobre a vida de  algumas  personalidades  brasileiras,  cuja identidade negra  muitas  vezes  sequer  é  comentada em  suas  biografias. Esse  é  o  caso de André Rebouças (engenheiro que  dá  nome  a  um importante  túnel  no  Rio de  Janeiro), Francisco de  Paula Brito  (jornalista que foi editor de  Machado de  Assis), Auta de Souza (escritora do  século XIX,  pouco mencionada  nos manuais de  literatura),  Milton  Santos (um dos  mais importantes geógrafos  brasileiros),  Luiza  Mahim (uma  das líderes da Revolta dos Malês e mãe do   jornalista  Luiz  Gama).

Assista ao vídeo sobre a biografia do jornalista  Paula  Brito.

Se não conseguir visualizar o player, clique AQUI.

A última  parte da  reunião consistiu na  divulgação dos  eventos  planejados  pela Pastoral.  Nosso leitor  pode acessar a  nossa página Agenda e verificar  quais  serão  as  nossas  próximas  atividades. Nosso  próximo encontro  acontecerá no dia 18 de julho, das  17h  às  19h.

Anúncios

Deixe um comentário. Para saber se já o respondemos, marque a opção "Seguir comentários".

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s