Conheça a história de São Martinho de Lima

Nasceu no Peru, no dia 09 de dezembro de 1579. O santo –  conhecido  como  São  Martinho de  Lima  ou  São Martinho de  Porres – era um menino de pele escura, filho de um cavalheiro conquistador espanhol e de uma ex-escrava negra, que não tinham vida religiosa. A  respeito do reconhecimento de  sua  paternidade, as  informações  são bastante  controversas: algumas    fontes indicam  que  ele  foi  registrado por   João de  Porres e  levado  para  Guayaquil  (Equador);  outras  afirmam  que, em seu registro civil,  consta apenas  a  expressão  “pai  ignorado”.  A  certeza que  temos  é a de que  Lima não se diferenciava muito da nossa sociedade atual em relação ao preconceito.

O fato de ser negro fez com que sua aceitação no seminário fosse bem demorada.  Só depois de muito custo, São Martinho conseguiu ser  aceito no convento dos dominicanos, o que o fez amar a Deus no outro e amor no outro em Deus como um irmão. No convento,  ele era encarregado dos trabalhos mais humildes: foi barbeiro e – por  ser  grande  conhecedor de ervas – também  ajudava nos  serviços  médicos. Seu  serviço era  sempre  em  favor  dos  irmãos de convento, dos   pobres  e  negros como  ele.

st martin de porres

São Martinho sempre foi um homem de Espírito de Santo e através daquelas  profissões conseguiu servir a Cristo no próximo, pois a humildade, piedade e caridade também faziam parte do seu caráter. O mesmo também lutava contra o tentador e a tentação, com isso, recebeu vários dons como a cura realizando milagres e o dom de estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Após contrair uma grave febre, São Martinho faleceu no dia 03 de novembro de 1639 aos sessenta anos. Deixou sua semente, através da fundação de um colégio construído em Lima, para as crianças pobres:  o primeiro do Novo Mundo. Portanto, conclui-se, que o Padre negro dos milagres, como era conhecido, teve sua vida praticamente inteira dedicada aos desamparados.

Assista  abaixo ao filme Un mulato  llamado Martín (Áudio em  espanhol):

Se não conseguir   visualizar o  player,   clique AQUI.

Camila  Moraes –   Membro da Pastoral  Afro-Brasileira da  Matriz de  Santa  Rosa de  Lima

Anúncios

Deixe um comentário. Para saber se já o respondemos, marque a opção "Seguir comentários".

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s